Producción Académica UCC

Exserohilum turcicum em milho: caracterização morfológica e patológica, associação a sementes e sensibilidade a fungicidas

De Rossi, Roberto Luis (2012) Exserohilum turcicum em milho: caracterização morfológica e patológica, associação a sementes e sensibilidade a fungicidas. Universidade de Passo Fundo [Tesis de Maestría].

[img] PDF - Versión aceptada
Disponible bajo Licencia CC Atribución-NoComercial-SinDerivadas 4.0 Internacional.

Download (1MB)

Resumen

A helmintosporiose do milho, causada pelo fungo Exserohilum turcicum (Et), tornou-se uma doença importante em regiões da Argentina e do Brasil, em especial naquelas com ambiente favorável à doença. Muitas empresas produtoras de sementes de milho trabalham em ambos os países e geralmente existe intercâmbio de material genético visando selecionar híbridos melhor adaptados a cada região produtora. Devido a esse fato, é fundamental a disponibilidade de informação sob o patossistema para direcionar estratégias de manejo. Os objetivos deste trabalho foram: (i) comparar as características morfológicas dos conídios de Et, sua patogenicidade em híbrido de milho, de isolados da Argentina e do Brasil; (ii) desenvolver um método de detecção do fungo e quantificar sua presença infectando e/ou infestando sementes de milho e milho pipoca; (iii) identificar metodologia para a inoculação artificial de sementes de milho com Et e utilizar as sementes infectadas para descrever e quantificar o processo de transmissão do fungo da semente para os órgãos aéreos, (iv) determinar a sensibilidade miceliana de dez isolados de Et, cinco da Argentina e cinco do Brasil, a seis fungicidas utilizados em tratamentos de sementes. Os ensaios foram desenvolvidos na Universidade de Passo Fundo durante os anos 2011 e 2012. Foram mensurados e caracterizados 200 conidios de cada isolado. Na comprovação da patogenicidade, plantas de milho do híbrido P1630 foram inoculadas com a deposição de uma suspensão de conídios de Et no cartucho e decorridas duas semanas, quantificou-se o número de lesões/folha e a mensuração das lesões. Foram testados distintos meios e métodos de detecção do patógeno em sementes utilizando-se sementes infectadas artificialmente. O método mais sensível foi utilizadas em sementes comerciais infectadas e infestadas naturalmente com Et. Foram testados diferentes métodos de inoculação de sementes, e avaliada a incidência de Et e a germinação das sementes para descrever a transmissão aos órgãos aéreos. A sensibilidade miceliana foi realizada in vitro utilizando placas de petri com meio de cultura batata-dextrose-ágar (BDA) suplementado com fungicidas nas concentrações de 0; 0,01; 0,1; 1; 10; 25 e 50 mg/L. Na média, os conídios mediram 10-25 x 30-135 µm, apresentando 2-8 septos; e coincidiram com as registradas na literatura. Os dez isolados produziram uma média de 2,5 lesões/folha, não observando-se diferenças significativas na patogenicidade dos dez isolados. Foi obtido um meio semi-seletivo composto de: i) sulfato de estreptomicina 500 mg/L, ii) sulfato de neomicina 600 mg/L iii) carbendazim 60 mg/L, e iv) captana 30 mg/L, agregados ao meio de lactose caseína hidrolisada ágar (LCHA). Com o meio semi-seletivo detectou-se o fungo em sementes de milho infectadas naturalmente com 0,124% de incidência (media de dez amostras) e determinou-se também a infestação de semente de milho, com 1,04 conídios por semente. Não foi possível detectar o fungo em órgãos aéreos a partir de sementes infectadas. Foi possível obter infecção artificial das sementes de milho com Et pela exposição da semente ao micélio do fungo. O principio ativo iprodiona foi o mais potente para o controle de Et, seguido pelo fludioxonil e tiram. Os fungicidas carbendazim, metalaxil e captana foram classificados como não fungitóxicos a Et. Os resultados obtidos neste trabalho, quanto a CI50, podem ser utilizados como valores de referência para próximos estudos.

Otros Responsables:
ResponsabilidadNombreE-mail
Director de TesisReis, Erlei MeloNo especificado
Tipo de documento: Tesis (Maestría)
Institución: Universidade de Passo Fundo
Departamento: Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária
Palabras clave: Helmintosporiose. Zea mays. Helminthosporium turcicum. Sanidade de sementes. Fungicida.
Temas: S Agricultura > S Agricultura (General)
S Agricultura > SB Cultura de la planta
Unidad Académica: Universidad Católica de Córdoba > Facultad de Ciencias Agropecuarias
URI: http://pa.bibdigital.uccor.edu.ar/id/eprint/2261

Actions (login required)

Ver item Ver item

Descargas por mes a lo largo del último año